Assinar Livro de Visitas   Voltar para Revista Cerrado Cultural

NomeSaturnino Rodríguez Riverón
Data2011-01-06
Localizaçãoclick picture for more information
MensagemEstimados señor@s:
He visitado el blog y me gustó mucho. Vo que ustedes han publicado en extenso a la autora cubana Yolanda marta Cañizares, y precisamenteb a ella estoy localizando y no encuentro forma de dar con ella. Por favor, si fueran tan amables de facilitarme alguna conexión con ella, un correo, porque seleccioné un trabajo suyo para una Antología y necesito de su aprobación. Les agradezco de antemano.
Saturnino


NomeUbiracy olimpio
Data2011-01-06
Localizaçãoclick picture for more information
MensagemBoa queria saber se vcs tem esta revista impressa? smilie smilie


NomeMário Carabajal
Data2011-01-06
Localizaçãoclick picture for more information
MensagemA Revista Cerrado Cultural, sob a direção geral do Imortal, Dr. Paccelli Zahler, tem importância ímpar na vida e trajetória dos escritores brasileiros. A visibilidade e registros históricos do fazer humano, em todas as áreas e segmentos, tornam-se elos à localização de outros seres, contemporâneos e de civilizações futuras, viabilizando um fazer e construir conjunto 'sociohumanocivilizador'. A Revista Cerrado Cultural, neste contexto, contitui-se, ao lodo de outras mídias, plataforma 'indudedutiva' ao registrar a vida e produções individuais, disponibilizando-as à soma e otimização coletiva. Estão de parabéns, além do Editor Paccelli Zahler, também a Presidente da ALB/DF - Imortal, Dra. Vânia Diniz, por sua indicação ao título Doutor Honoris Causa - título máximo de reconhecimento outorgado pela Academia de Letras do Brasil.

Ao Diretor Presidente da Revista Cerrado Cultural, leitores e escritores do Distrito Federal, nosso forte, eterno e Imortal abraço!

Prof. Dr. Mário Carabajal - Presidente Fundador da Academia de Letras do Brasil


NomeVânia Moreira Diniz
Data2011-01-06
MensagemAcompanhp a Revista "Cerrado Cultural, desde o inícioe sou admiradora de suas edições brilhantes.
Desejo parabenizar o Editor, Confrade e amigo Paccelli Zahler pela competência e pelos artigos de vários escritores que nos proporcinam momentos de muita satisfação.
Vânia Moreira Diniz


NomeMauricio Santiago de Sousa
Data2011-01-06
Localizaçãoclick picture for more information
MensagemMuito bom a edição da revista. Sempre que posso entro no blog leio todas as publicações. São momentos agradáveis como nossas conversas matinais dentro do ônibus indo para esplanada. Um grande abraço e continue assim, promovendo e publicando arte e cultura!

Maurício Santiago.


NomeRomulo Vieira Telles
Data2011-01-06
Localizaçãoclick picture for more information
MensagemMeu ilustre Acadêmico e amigo Dr. Mario Carabajal.Estou aguardando seu endereço ou da Academia, a fim de enviar-lhe um livro que lhe foi dedicado e o Currículo do Governador Distrital do meu Rotary Club-Rio de Janeiro-Tijuca. Eu estou indicando-o à Academia. Seria um grande ganho para nós. Favor enviar-me o endereço, inclusive o e-mail da ALB.
Gratíssimo
Rômulo Vieira Telles
Representante da ALB no
Estado do Rio de Janeiro


NomeFatima Zahler D'Avila
Data2011-01-06
Localizaçãoclick picture for more information
Mensagemlegal! smilie


NomeAlberto Jose de Araujo
Data2011-01-06
Localizaçãoclick picture for more information
MensagemPrezado poeta, parabéns pela página e pelas belas postagens, gostaria de submeter a sua apreciação este poema:

Testemunhar, Silenciar ou Gritar: eis o dilema!

Reticente,
a cena ainda estava
bem viva, na memória,
atordoando feito cefaléia.

Relutante,
em descrever os fatos
podiam se transformar em boatos
maldita hora pra passear pelos becos

Debutante,
mal havia chegado à cidade
não podia revelar cumplicidade
tampouco falar da atrocidade

Ultrajante,
a forma como foi abordada
que se sentiu tão acuada
implorou para falar com a delegada

Aviltante,
o transporte na viatura
olhada como se fosse prostituta
saiu da cena direto para uma cela

Revoltante,
dormir a noite naquele antro
sensação pior que contraiu um cancro
até ser libertada por um defensor público

Hesitante,
jurou mão sob a Bíblia que falaria a verdade
sob olhar inquisidor do cruel bandido, que maldade
firme superou o silêncio e contou a atrocidade.

Exultante,
mal conseguir conter lágrimas e emoção
ao deixar o Fórum, já sem qualquer coação
testemunha que fora de um crime de paixão.

AjAraujo, o poeta humanista, poema escrito em 8-10-12, a respeito de uma cena cotidiana vivida por uma turista.


Abraço fraterno do

Alberto.



Mensagem Privada adicionado 2011-01-06



Mensagem Privada adicionado 2011-01-06


Pagina 1 de 3 1 2 3 > 

Free guestbook provided by UltraGuest.com